Ascom Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ex - prefeita Conceição Tavares de Traipu é condenada por improbidade administrativa e fica inelegível por 5 anos

Traipu mais uma vez é palco de vexames político, desta vez, a ex - prefeita Conceição Tavares foi condenada por atos de improbidade administrativa. Ficando inelegível por 5 anos. Não podendo ser candidata nas eleições de 2020. veja parte do processo nº 0800004-94.2016.8.02.0039, comarca de Traipu.


III Dispositivo Diante do exposto, JULGO PROCEDENTES os pedidos, para CONDENAR as rés MARIA DA CONCEIÇÃO TEIXEIRA TAVARES, ERICA BARBOSA DE MELO VILALOBOS PRODUÇÕES ME. e F. DE M. COSTA PRODUÇÕES E EVENTOS - ME, pelos atos de improbidade administrativa previstos no art. 10, VIII e XII, da Lei n. 8.429/92, resolvendo o mérito nos termos do art. 487, I, do Código de Processo Civil, aplicando-lhes as sanções a seguir dosadas na forma do art. 12, II, da Lei 8.429/92. Mantenho, outrossim, a indisponibilidade decretada na decisão de fls. 753/761, devendo a Secretaria proceder, se ainda não realizado, ao cadastro da medida na Central Nacional de Indisponibilidade de Bens - CNIB.


Ex - Prefeita Conceição Tavares, estava sofrendo rejeição política, por parte da população traipuense por ter feito uma administração irregular, frustrando a esperança de um povo que torcia por uma gestão voltada para alavancar a linda cidade dos músicos.


Nas redes sociais, a Ex - prefeita fala que vai recorrer nas instâncias superiores. A justiça trabalha com tempo, já a Conceição Tavares precisa de tempo para tentar mudar o quadro da condenação em primeira instância. Se não mudar em tempo, a ex - prefeita não poderá ser candidata nas eleições de 2020.


Com a palavra o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas.