Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true


O terreiro de Conceição d’Lissá  existe faz 17 anos, no Rio de Jaleiro, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
O terreiro de Conceição d’Lissá foi parcialmente destruído por um incêndio, por conta da intolerância às religiões de matriz africana,
 O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do estado (Conic-Rio),organizou uma campanha de arrecadação para a reconstrução do templo no ano passado e, até agora mais de 12 mil reais já foram arrecadados.
A pastora Lusmarina Campos, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil é uma das evangélicas que se colocou à disposição, e ajuda para reconstrução do terreiro de Conceição d’Lissá e é ela quem diz:“Se em nome de Cristo eles destroem, em nome de Cristo nós vamos reconstruir. É extremamente importante dar um testemunho positivo da nossa fé, porque o Cristo que está sendo utilizado para destruir um terreiro está sendo completamente mal interpretado”.
“O candomblé sofre preconceito desde que era a religião professada pelos nossos antepassados, que vieram para o país escravizado”, afirma Conceição, uma das donas do terreiro.
 Quando se há respeito às diferenças religiosas acontece a comunhão entre pessoas.
Assim deveria caminhar a humanidade...


Fonte: https://razoesparaacreditar.com/cidadania/evangelicos-ajudam-reconstruir-terreiro-queimado/