Foto: Leandro Cerqueira Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Thuca Martins, alagoano, 21 anos

Aos 11 anos, o alagoano Thuca Martins não sabia que seu destino seria ter uma banda no futuro, mas já sentia paixão pela música quando tocava cavaquinho com o amigo Matheus Bernardo no condomínio do prédio que ambos moravam em Maceió. Tocar e cantar era a brincadeira favorita dos dois. O que Thuca também não imaginava era que aquela diversão poderia ser interrompida pela morte do amigo.

O amigo de Thuca, Matheus, faleceu aos 13 anos de um câncer no estômago. Para homenageá-lo, os amigos escreveram uma música para ele. “Quando ele faleceu, eu e outros amigos nos juntamos, e fizemos uma música para ele e foi aí que tudo começou”, disse.

O alagoano contou ao Blog que pensou em parar de tocar após a morte do amigo, mas que o apoio e incentivo do pai de Matheus fez com que ele continuasse. Thuca juntou os amigos e criaram uma banda de pagode chamada 'central do pagode'.

Com o passar do tempo, já mais velho, a voz de Thuca ganhou notoriedade e ele conseguiu um produtor que investiu na carreira dele. “Eu fui cantar forró, mas depois de um tempo resolvi juntar outros amigos e investir em uma banda”, contou.

Só que iniciar uma banda não foi tão fácil para o alagoano. Segundo Thuca, ele precisou pagar shows e chegou a oferecer a banda em troca apenas de divulgação. “Passei muito tempo assim, mas depois começamos a receber um cachê baixo, a tocar em festas melhores e conquistamos nosso espaço. Era difícil, mas foi valendo a pena quando víamos os resultados”, comentou.

Hoje, aos 21 anos, Martins diz que não enxerga que esses desafios foram ruins. Para ele, começar de baixo fez com que ele crescesse e fosse reconhecido. “As pessoas agora pagam o que realmente minha banda vale. Vejo que também criamos estratégias para que as pessoas fossem conhecendo a gente e essa foi a maneira, apesar de tudo, vejo que hoje deu certo”.

Com o sucesso e reconhecimento, a banda Thuca tem dois CDs lançados e um clipe. Além disso, toca em shows, festas particulares, formaturas e casamentos. Nesta sexta-feira (18), a banda vai gravar mais um videoclipe com a música ‘Boca de bebo não tem dono’ na Feijoada da Maria Gorda, no shopping Pátio, às 22h.

O ensinamento, para Martins, é de que começar "de baixo" pode trazer retornos positivos no futuro. A prova disso é a agenda de shows que está cada vez mais cheia e a banda ganhou repercussão em Alagoas.

-

Estou no Instagram: @raissa.franca