Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Não sei quantos anos você completa hoje, entretanto sei que há neles,  algumas e tantas , eloquentes  somas. Umas para  mais. Outras para menos.  Pode haver  divisões abissais, mas, tudo isso é fruto da responsabilização do cargo  que ocupa.
Chefe de Estado do segundo menor  estado da federação  que, em tempos idos,  já incorporou um grande quilombo de lutas.
O Quilombo dos Palmares, naquela Serra onde o vento ao fazer a curva, se curva e  espalha histórias da ancestralidade fundante  de pret@s.
E, como hoje é seu dia de celebrar a vida,  ensaio  palavras,cheias de profundezas para dizer  que em  você repousa expectativas de um Estado inteiro. Um Estado com um parcela do povo, feito multidão hiperbólica de sonhos,algumas vezes subletrada, direitos invisibilizados, n'outras com a esperança subalimentada e  fragmentos de exclusão.
Sei que gestar um estado tão controverso não deve ser fácil e essa escrevinhação é para desejar toda sabedoria do universo na vida pessoal, como também na gestão dos  diálogos institucionais. Diálogos institucionais que se articulem  com todas as linguagens sociais, desafiando fronteiras hegemônicas, assentando e agregando gentes,
Desejo  uma vida cheia de histórias plurais, como força motriz para o desenvolvimento de uma  sociedade múltipla e diversa.
Reinterpretando, ressignificando,reaprendendo  a Alagoas dos Palmares.
Desejo que o 08 de outubro  seja um tributo de determinação no alcançar metas pessoais e  do político-gestor.
Que seu espírito,sem limites,transforme todas as possibilidades possíveis em oportunidades sociais, necessárias.
Parabéns, Renan!