"Ele foi injustamente culpado por algo que não fez", diz irmão de motociclista morto em Maceió

  • Raíssa França com Daniel Paulino*
  • 23/09/2019 09:34
  • Notícias
Foto: Daniel Paulino/Cada Minuto
Irmão da vítima, Adelson dos Santos

(Atualizada às 09h42)

O corpo do motociclista Marcos Firmino dos Santos, de 34 anos, está sendo velado na manhã desta segunda-feira (23) em uma central de velório no bairro do Trapiche, em Maceió, sob forte comoção. O irmão da vítima, Adelson dos Santos disse ao Cada Minuto que o irmão foi confundido com um assaltante. Já o primo de Marcos, Almir José da Silva, disse que o tiro partiu de dentro da Casa Vieira, localizada na Avenida Gustavo Paiva.

Marcos foi morto no início da tarde desse domingo (22) na Avenida Gustavo Paiva. Segundo a polícia, Marcos teria sido apontado como assaltante. 

O irmão de Marcos contou que estava acontecendo uma tentativa de assalto e ele estava passando na hora quando foi atingido por um tiro.

Ao Cada Minuto, o irmão enfatizou que além da dor de ter perdido alguém querido, muitas pessoas divulgaram nas redes sociais que Marcos estava envolvido em um assalto. “Ele foi injustamente culpado por uma coisa que ele não chegou a fazer. Ele estava indo buscar a esposa no trabalho. Infelizmente mais uma vida que se foi. Ficamos revoltados com algumas informações que foram divulgadas e que estavam incorretas. Ele nunca foi envolvido em crime algum”.

Adelson quer que a polícia investigue e afirmou que a vítima era um exemplo como pai. “O crime não pode ficar impune. Marcos era um exemplo de pai, trabalhava em uma padaria e deixou cinco filhos. Não podemos falar muito para não atrapalhar as investigações, mas a polícia já tem noção de quem possa ter feito isso”, ressaltou.

Já o primo da vítima, Almir José da Silva, disse que a polícia já tem suspeito e que o tiro partiu de dentro da Casa Vieira. "Já sabemos quem é esta pessoa. É um irresponsável, pois não se sai atirando desta forma".

A reportagem entrou em contato com a Casa Vieira e foi informada que o estabelecimento não tem assessoria de comunicação e que o gerente do local estava em reunião.

*estagiário sob a supervisão da editoria