Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Marx Beltrão

Alagoas vai receber R$ 56 milhões para investimentos na área de saúde. Trata-se do maior investimento federal no setor em 2019. E o mais curioso é que estes investimentos, oriundos de emenda parlamentar de bancada, estavam quase perdidos. Quem garantiu que o dinheiro chegasse a Alagoas foi o deputado federal Marx Beltrão (PSD), coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional. Marx atuou para destravar os recursos e assumiu na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso a relatoria Projeto de Lei (CN) de Crédito Suplementar nº 19/2019, que uma vez aprovado permitiu a execução da emenda.

Os R$ 56 milhões são fruto de emendas impositivas de bancada propostos coletivamente pelo mesmo deputado Marx Beltrão, e também pelos ex-deputados Cícero Almeida, Pedro Vilela e Givaldo Carimbão. Como Almeida, Vilela e Carimbão não foram reeleitos na eleição passada, os trâmites de seus gabinetes não foram mais realizados e as emendas ficaram ameaçadas de extinção. Daí, com a aprovação do projeto de abertura de crédito suplementarrelatado por Marx, a alocação dos valores já a partir de 2019 tornou-se legal e viável.

“Alagoas e seus municípios não podiam se dar ao luxo de perder esta emenda de bancada. Os parlamentares lutaram muito por ela, mas como não foram reeleitos, não puderam atuar em 2019 por sua execução. Fiz tudo o que estava a meu alcance, consegui sensibilizar o governo e os parlamentares da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, e o resultado esta aí. Teremos um grande incremento nos valores aplicados em saúde, que devem se converter em melhoria para a vida dos alagoanos e alagoanas”, disse Marx Beltrão.

Os valores vão representar um dos maiores investimentos do governo federal para a área da saúde em Alagoas nos próximos meses, e por serem originários de emendas impositivas, serão obrigatoriamente destinados para ações nos municípios alagoanos.