Assessoria/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Estoque Hemoal

Com apenas 49% do percentual de mínimo necessário para atender às transfusões de maternidades e hospitais públicos, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal), Unidade Maceió está precisando de doadores.

Segundo a assessoria de Comunicação da unidade o Hemocentro está com apenas 147 bolsas de sangue, quando deveria dispor de no mínimo 300. A situação é classificada como “preocupante” pela Gerência da Hemorrede Pública de Alagoas, uma vez que não há nenhuma bolsa de sangue das tipagens AB e B Negativas. Como se não bastasse, na manhã desta terça-feira (10), as tipagens O e A Negativas contavam com apenas duas bolsas de sangue cada uma, enquanto que a B Positiva só dispunha de cinco unidades.

Para aumentar as doações, o Hemoal Maceió promove coleta externa de sangue nesta terça-feira (10), até Às 16h, no Colégio COC, na Rua Senador Rui Palmeira, no bairro Ponta Verde. Nesta quarta-feira (11), a ação itinerante vai ocorrer das 8h às 16h, no Instituto Educacional Menino Jesus, localizado na Rua Dianápolis, no bairro Clima Bom II, em Maceió.

“Além das coletas externas, que visam facilitar o acesso dos voluntários à doação de sangue, apelamos mais uma vez à sensibilidade dos alagoanos. Fazemos um chamamento àqueles que já são doadores habituais ou os que nunca doaram sangue, têm esse desejo, mas, possuem algum receio. Em caso de dúvidas, podem esclarecê-las ligando para o Núcleo de Captação de Doadores, que atende pelo telefone 3315 2109”, enfatiza a assistente social do Hemoal, Rayara Andrade. 

Critérios para doação

Os voluntários interessados em se candidatarem à doação voluntária de sangue devem ter peso igual ou superior a 50 quilos e idade entre 16 e 69 anos. Também é necessário portar um documento de identificação com foto, segundo portaria do Ministério da Saúde. Para os menores de 18 anos é imprescindível estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.

O impedimento para se candidatar à doação voluntária de sangue, ainda de acordo com o Ministério da Saúde (MS), atinge àqueles que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. Quanto às gestantes e lactantes, é proibida a doação e, para repetir o ato solidário, os homens devem respeitar um prazo de dois meses e as mulheres ficam impedidas durante três meses.

Postos de doação

Além das coletas itinerantes, é possível se candidatar à doação de sangue ao se dirigir a dois endereços em Maceió. No Hemoal Trapiche, localizado ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE), o atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e, aos sábados, das 8h às 17h.

*Com assessoria