Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Com o objetivo principal de melhorar a comunicação entre a comunidade escolar e os alunos surdos ou com deficiência auditiva, incluindo-os integralmente no contexto escolar e social, a Prefeitura de Santana do Mundaú, por meio da Secretaria de Educação, vem desenvolvendo um trabalho de Educação Especial Inclusiva, por meio do Atendimento Educacional Especializado. Uma das importantes ações desenvolvidas é o Projeto de Língua Brasileira de Sinais (Libras), onde as aulas proporcionam um conhecimento maior e o domínio sobre a cultura do surdo. 

 

 

A secretária de educação, Danielle Márcia, explica que a necessidade de desenvolver o projeto é de oportunizar ao aluno com deficiência auditiva a comunicação com os demais alunos da sala, favorecendo a sua interação com o ambiente escolar, além de prepará-lo para o convívio em sociedade já que a partir desse trabalho, esta será sua primeira língua. “Junto à nossa equipe, o prefeito Arthur Freitas vem debatendo e trabalhando muito intensamente para ampliarmos a política de educação especial, sempre pensando com bastante carinho na inclusão dos nossos alunos. A docente desenvolve atividades envolvendo dinâmicas e jogos que auxiliam no conhecimento da linguagem de sinais e eles estão demonstrando muito interesse, curiosidade e entusiasmo pelas aulas”, afirma.