Foto: Moneyreort Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O ministro do Supremo Tribunal Federal ( STF ) Edson Fachin arquivou um inquérito - mais um - que investigava os senadores Renan Calheiros (MDB)  Jader Barbalho (MDB-PA), no processo que apurava se os senadores receberam vantagens indevidas para apoiar que Nestor Cerveró continuasse na diretoria da Petrobras. ]

Segundo reportagem do jornal O Globo, o ex-ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, também teve o inquérito arquivado. 

Fachin baseou sua decisão em uma manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR), que concluiu pela inexistência de elementos para imputar os crimes a Calheiros e Rondeau.

“Mais um inquérito aberto com base em ouvir dizer, comentários acaba de ser arquivado. A grande maioria já foi para o arquivo. São 15. Os outros terão o mesmo destino. Nenhuma franja de prova”, comentou Calheiros, no Twitter.