Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Síntese do discurso da deputada estadual, Leci Brandão, no Solene “Legado da Resistência Pela Liberdade do Negro e do Brasil – Homenagem Especial ao Professor Eduardo de Oliveira, que aconteceu no dia 23 às 18h30, no Palácio 9 de julho, onde fica  a sede da  Assembléia Legislativa de São Paulo:
"Quando o professor Eduardo Oliveira dizia que o Brasil só será liberto quando todos os negros forem libertos, é verdade.
Enquanto, nós negros e negras não ocuparmos lugares de poder, o processo de enfrentamento sempre será difícil.
Não adianta nosso povo afirmar que somos 54% da população, ou mais da metade da população brasileira , se não tivermos plena consciência política da luta.
Quando iremos nos levantar para fazer a luta? Estamos muito anestesiados.
Acredito na juventude das periferias, das quebradas, principalmente as meninas. Mulheres negras que estão fazendo uma verdadeira revolução.
Estamos dando ouvindo gente louca que está gerencindo esse país.
Hoje a oposição é em menor número.
Ou,  a gente toma uma atitude, acorda e faz alguma coisa, ou deixa pra lá. A democracia está sendo despedaçada e precisamos tomar uma atitude."