Cristovão Santos/CM Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Moradores do Pinheiro, Mutange e Bebedouro realizam protesto

Moradores dos bairros do Mutange e Pinheiro e Bebedouro atingidos pelas consequências da extração de salgema, realizam no final da tarde desta sexta-feira (23), um protesto que deve bloquear uma faixa da principal via de trânsito de Maceió, a Avenida Fernandes Lima. 

De acordo com o representante do Movimento SOS Pinheiro, Geraldo Vasconselos, após uma reunião entre os moradores e o Gerenciamento de Crises da Polícia Militar (PM-AL), ficou acordado que os manifestantes podem ocupar o canteiro central da via e interditar apenas uma faixa da via, deixando as demais livres para o fluxo de veículos.

Ainda segundo Geraldo, o protesto tem como objetivo pressionar as autoridades para a liberação dos R$ 15 milhões da Braskem venha se concretizar. 

"Cada órgão tem feito o seu papel, mas também cabe aos moradores dos bairros afetados se unirem para que também possamos lutar pelos nossos direitos e pressionar as autoridades", destacou Vasconselos. 

Segundo o represente, alguns pontos de encontro estão planejados. "Os moradores do Mutange irão se concentrar na frente da Braskem, já os do Pinheiro irão se concentrar na Praça Menino Jesus de Praga e de lá todos devem seguir para o ponto do protesto que é na Fernandes Lima e lá esperamos cerca de 2 mil manifestantes". 

Agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), equipes do 4° Batalhão de Polícia Militar (BPM) e do Gerenciamento de Crises estarão acompanhando os manifestantes durante todo o ato. 

*Estagiário sob a supervisão da editoria