Vinícius Firmino/Ascom ALE Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputada Ângela Garrote

A disputa política em Palmeira dos Índios voltou a ser destaque na tribuna da Assembleia Legislativa de Alagoas na sessão desta quarta-feira (21), quando a deputada Ângela Garrote - apontada como pré-candidata ao cargo de prefeita – discursou em homenagem aos 130 anos da Emancipação Política da cidade.

Em aparte, o Cabo Bebeto lamentou o episódio ocorrido ontem, durante a comemoração na cidade. Ele contou que ouviu relatos de que o prefeito Julio Cezar desviou o tradicional percurso do desfile para não passar pelo camarote da deputada e prejudicou, deliberadamente, a visibilidade das festividades pelo grupo que estava no camarote.

Bebeto repudiou a postura do prefeito e Antônio Albuquerque também lamentou o ocorrido, destacando a história e a atuação da colega em Palmeira dos Índios, independente de questões políticas.

Partiu de Inácio Loiola, no entanto, as críticas mais duras: “Vossa excelência foi boicotada, em uma atitude pequena, insignificante e pusilânime do prefeito...”.

O parlamentar também comparou Júlio Cezar a um personagem folclórico de Piranhas, conhecido como “Nequinho de Véio”: “Nequinho enganava todo mundo em Piranhas, todas as eleições... Prometia votos a todos os candidatos a prefeito e vereador e no final descobrimos que nem eleitor de lá ele era... O prefeito Julio Cezar também prometeu votos a todo mundo, por isso comparo ele a Nequinho que, no século passado, enganou a todos”.