Comprar antibióticos online sem receita médica pode parecer uma facilidade, mas, se trata de infringir a lei e assumir um risco à saúde.

 

É bastante comum que quando as pessoas fiquem doentes e acabem se medicando sem que haja qualquer orientação médica.

Apesar de ser algo rotineiro, não deveria acontecer, pois o ideal é sempre procurar um profissional de saúde que possa fazer uma avaliação e somente após análise indicar o melhor tratamento.

A questão é que o acesso à saúde nem sempre é tão rápido como se precisa e a facilidade de adquirir certos medicamentos sem a necessidade de receita faz com que o consumo de remédios seja feito de forma indiscriminada.

Para tentar minimizar o problema, existem algumas restrições e alguns medicamentos só podem ser comprados mediante a apresentação da receita médica.

Infelizmente, existem pessoas que tentam burlar a lei e visam comprar antibióticos online sem receita médica.

Ao fazer isso está se assumindo um grande risco. Segundo o site Online-rezept.net, comprar antibióticos sem receita faz com que, além de você não tratar corretamente a doença que tem, ainda possa ter outras devido ao uso inadequado de uma medicação, que foi feita sem diagnóstico prévio.

 

 

Comprar antibióticos online sem receita médica: as consequências

 

Quem acha que sabe como usar os remédios e opta por comprar antibióticos online sem receita médica, precisa conhecer quais são as consequências.

 

Cortar o efeito de alguns medicamentos

 

Pessoas que fazem uso de medicamentos contínuos - como os anticoncepcionais - podem ter o efeito desses interrompidos devido às interações medicamentosas.

Nesse caso é possível que algum outro problema de saúde se agrave ou até mesmo que surja uma gravidez indesejada.

 

Criação de bactérias super-resistentes

 

O uso constante de antibióticos pode fazer com que as bactérias se acostumem com ele e fiquem mais difíceis de serem eliminadas com o uso de medicamentos.

Outra questão é que não completar o ciclo do tratamento também se tem esse resultado e uma piora do paciente. Após tomar o medicamento por 2 ou 3 dias é possível sentir uma melhora, e diante disso a pessoa deixa de tomar.

Como as bactérias ainda não foram eliminadas completamente, se tornam mais fortes e resistentes ao antibiótico e a pessoa volta a ter um agravamento.

 

Ocultar os sintomas

 

Ao comprar antibióticos online sem receita médica a pessoa passa a utilizar um remédio que acredita ser o ideal para tratar um problema que acredita ter.

Só que um diagnóstico errado e o uso indiscriminado de remédio podem ocultar os sintomas verdadeiros, e isso torna mais difícil detectar o real problema de saúde, fazendo com que o quadro do paciente se agrave.

 

Aumentar os riscos de efeitos colaterais

 

Os efeitos colaterais da automedicação são reações ao medicamento, na grande maioria das vezes decorrentes do uso indevido.

Os antibióticos são bastante fortes e podem causar reações bastante indesejadas, principalmente as dores estomacais por afetarem todo o sistema digestivo e o deixarem mais sensível.

 

Causar dependência

 

Sem que a pessoa perceba, ela pode se viciar no medicamento de forma progressiva. A pessoa acredita que o antibiótico está fazendo com que ela melhore, porém, com o passar do tempo, ele tem seu efeito minimizado pelo fato do organismo se acostumar com ele.

Para ter o mesmo efeito, o paciente começa a aumentar as doses e fazer uso frequente, e em pouco tempo ele se torna dependente e precisa de ajuda para se livrar do vício.

 

Levar o paciente à morte

 

Comprar antibióticos online sem receita médica faz com que a pessoa use o medicamento de forma incorreta e possa prejudicar o organismo com efeitos colaterais e danos. Em alguns casos, pode ser consumido com bebidas alcoólicas e ter a sua atuação alterada.

Nas duas situações, os danos causados podem ser irreversíveis, levando a pessoa a óbito.

Quem opta por comprar antibióticos online sem receita médica está correndo alguns riscos conforme apresentamos acima, sendo que eles poderiam ser evitados com a orientação e indicação de um médico sobre o uso correto.

Atualmente, a telemedicina permite que faça consultas e consiga receitas medicas sem sair de casa. Isso faz com que fique fácil ter o diagnóstico de um profissional sem que precise se automedicar e elimina o problema de não conseguir sair de casa para ir a uma consulta.

Sendo assim, não há desculpa para cuidar da saúde corretamente.