Foto: Divulgação / PM_AL Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Armas apreendidas com os suspeitos.

Três pessoas foram presas após perseguirem, em um carro, três motociclistas, na noite deste sábado (17), no bairro Verdes Campos, entre os municípios de Arapiraca e Lagoa da Canoa, no Agreste alagoano. Duas armas de fogo foram apreendidas. A suspeita é que o trio pretendia assaltar os condutores das motos.

Segundo informações policiais, uma guarnição policial se descolava para Lagoa da Canoa, para um patrulhamento de rotina, quando foi abordada por dois motociclistas que estavam parados em um trecho da AL-115. Eles relatam que estavam sendo perseguidos por ocupantes de um veículo, modelo Gol de cor vermelha e placa MUG-102/ Arapiraca.

Os motociclistas informaram aos policiais que despistaram o carro após algumas manobras e que um outro motociclista havia caído durante a perseguição e ficou na estrada.

Enquanto apurava o caso, a guarnição percebeu que um veículo com as características informadas pelos denunciantes retornava para o trecho da rodovia. Os policiais realizaram a abordagem e dentro do carro estavam dois homens e uma mulher. Eles foram identificados como Sidcley Ferreira dos Santos, 35 anos, Aldo dos Santos, 38 anos e Dayane Rouse Cavalcante Ananias Santos, 30 anos.

Uma revólver  calibre 32, uma pistola calibre .380 e munições foram apreendidas. Ainda segundo a polícia, Sidcley tem passagem policial pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, ambos praticados em Maceió. Já Aldo Santos já respondeu a processo criminal, em 2018, por homicídio.

O trio foi recebeu voz de prisão e foi levado para a Central de Polícia, no bairro do Baixão, em Arapiraca.