Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O alagoano José Mareval da Silva, suspeito de envolvimento num homicídio ocorrido no dia 19 de abril de 2003, na cidade de Piranhas, foi preso numa ação conjunta das polícias civis de Alagoas e do Pará.

Segundo a assessoria de Comunicação da Polícia Civil, o delegado de Piranhas, Daniel Mayer, comentou que o homicídio praticado por José Mareval,  teve como vítima José Elpídio Ferreira Costa. A motivação teria sido “vingança” porque, em outra oportunidade, a vítima teria apresentado informações à PC sobre averiguações em andamento naquela época – o que teria gerado inconformismo no autor do homicídio.

José Mareval da Silva foi preso na cidade de Altamira, no dia 27 de junho de 2019, mas não foi noticiado antes em razão de diligências que ainda estavam sendo cumpridas naquela localidade.

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, Delegado Regional de Delmiro Gouveia, um trabalho de inteligência das duas polícias resultou na localização do homem que estava foragido desde 2003.

Participaram da coordenação tática da operação os delegados Cícero Lima da Gerência de Polícia judiciária da Região 4, Rodrigo Rocha Cavalcanti  da Regional de Delmiro Gouveia e Daniel Mayer, titular do município de Piranhas, da Polícia Civil de Alagoas; e o Delegado Wallison, da Polícia Civil do Pará.

*Com assessoria