Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Vanderlei Lourenço,presidente da Fundação  Cultural Palmares esteve em Alagoas,no período de de 7 a 9 de julho,em visita administrativa ao Quilombo dos Palmares, localizado em União dos Palmares, Alagoas.
E buscando dinamizar a visita do gestor nacional às terras pretas de Palmares, a coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas, Arísia Barros aproveitou  a oportunidade e articulou encontros reunindo  alguns  atores  institucionais, co-autores na estruturação das políticas afirmativas.
A agenda foi iniciada no domingo, em um almoço com a presença de  Vanderlei Lourenço ,sua equipe e a coordenadora do Instituto. A discussão teve como foco a criação de práticas inovadoras que impactem qualitativamente, na desconstrução do racismo.
Após o retorno da visita administrativa à Serra da Barriga, em União dos Palmares, o presidente da Palmares acaompanhando de sua equipe  foi recepcionado, na tarde da última segunda-feira, 08/07, pelo   secretário de estado da comunicação,Ênio Lins representando o Governo do Estado, e a superintendente de comunicação da SECOM, Renat Bertolino.
Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes,Balbino Praxedes,representante local do escritório da Palmares, em Alagoas participaram da reunião.
A conversa entre os gestores  teve como foco discutir estratégias, pensar em  possíveis caminhos e soluções para alicerçar, estruturalmente, o crescimento da Serra da Barriga , como patrimônio universal. Além de traçar planos para o lançamento da construção da estrada que leva ao Quilombo ( um sonho de decadas do movimento negro)  e discutir alianças colaborativas, como da prefeitura comunitária do Benedito Bentes. 
Como apoiadores do  "Odo-Concurso  Preto de Poesia para Jovens  da Periferia", Ênio Lins e Vanderlei Lourenço falaram da satisfação em investir  na ação inédita, em Alagoas.
Encerrada a reunião, o gestor nacional da Palmares falou da grande importância em
participar das rodadas de conversações,que se configuram  como espaços privilegiados de discussão e aprendizado sobre o estado,sob a ótica da diversidade.
Ênio Lins,secretário da SECOM, reafirmou:" E Alagoas estará, sempre, de portas abertas para estabelecer esses e muitos diálogos. Seja sempre bem vindo, presidente!
E para encerrar a agenda, na noite da segunda  o  presidente da Palmares fez uma visita de reconhecimento ao terreiro do Babalorixá Manoel Xoroquê.
O sacerdote da religião de matriz africana recebeu Vanderlei Lourenço, Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes e Arísia Barros com um lauto jantar e após apresentou o  barracão, no bairro Benedito Bentes, parte alta de Maceió.
Vanderlei Lourenço,presidente da Fundação  Cultural Palmares esteve em Alagoas,no período de de 7 a 9 de julho,em visita administrativa ao Quilombo dos Palmares, localizado em União dos Palmares, Alagoas.
E buscando dinamizar a visita do gestor nacional às terras pretas de Palmares, a coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas, Arísia Barros aproveitou  a oportunidade e articulou encontros reunindo  alguns  atores  institucionais, co-autores na estruturação das políticas afirmativas.
A agenda foi iniciada no domingo, em um almoço com a presença de  Vanderlei Lourenço ,sua equipe e a coordenadora do Instituto. A discussão teve como foco a criação de práticas inovadoras que impactem qualitativamente, na desconstrução do racismo.
Após o retorno da visita administrativa à Serra da Barriga, em União dos Palmares, o presidente da Palmares acaompanhando de sua equipe  foi recepcionado, na tarde da última segunda-feira, 08/07, pelo   secretário de estado da comunicação,Ênio Lins representando o Governo do Estado, e a superintendente de comunicação da SECOM, Renat Bertolino.
Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes,Balbino Praxedes,representante local do escritório da Palmares, em Alagoas participaram da reunião.
A conversa entre os gestores  teve como foco discutir estratégias, pensar em  possíveis caminhos e soluções para alicerçar, estruturalmente, o crescimento da Serra da Barriga , como patrimônio universal. Além de traçar planos para o lançamento da construção da estrada que leva ao Quilombo ( um sonho de decadas do movimento negro)  e discutir alianças colaborativas, como da prefeitura comunitária do Benedito Bentes. 
Como apoiadores do  "Odo-Concurso  Preto de Poesia para Jovens  da Periferia", Ênio Lins e Vanderlei Lourenço falaram da satisfação em investir  na ação inédita, em Alagoas.
Encerrada a reunião, o gestor nacional da Palmares falou da grande importância em
participar das rodadas de conversações,que se configuram  como espaços privilegiados de discussão e aprendizado sobre o estado,sob a ótica da diversidade.
Ênio Lins,secretário da SECOM, reafirmou:" E Alagoas estará, sempre, de portas abertas para estabelecer esses e muitos diálogos. Seja sempre bem vindo, presidente!
E para encerrar a agenda, na noite da segunda  o  presidente da Palmares fez uma visita de reconhecimento ao terreiro do Babalorixá Manoel Xoroquê.
O sacerdote da religião de matriz africana recebeu Vanderlei Lourenço, Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes e Arísia Barros com um lauto jantar e após apresentou o  barracão, no bairro Benedito Bentes, parte alta de Maceió.
Vanderlei Lourenço,presidente da Fundação  Cultural Palmares esteve em Alagoas,no período de de 7 a 9 de julho,em visita administrativa ao Quilombo dos Palmares, localizado em União dos Palmares, Alagoas.
E buscando dinamizar a visita do gestor nacional às terras pretas de Palmares, a coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas, Arísia Barros aproveitou  a oportunidade e articulou encontros reunindo  alguns  atores  institucionais, co-autores na estruturação das políticas afirmativas.
A agenda foi iniciada no domingo, em um almoço com a presença de  Vanderlei Lourenço ,sua equipe e a coordenadora do Instituto. A discussão teve como foco a criação de práticas inovadoras que impactem qualitativamente, na desconstrução do racismo.
Após o retorno da visita administrativa à Serra da Barriga, em União dos Palmares, o presidente da Palmares acaompanhando de sua equipe  foi recepcionado, na tarde da última segunda-feira, 08/07, pelo   secretário de estado da comunicação,Ênio Lins representando o Governo do Estado, e a superintendente de comunicação da SECOM, Renat Bertolino.
Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes,Balbino Praxedes,representante local do escritório da Palmares, em Alagoas participaram da reunião.
A conversa entre os gestores  teve como foco discutir estratégias, pensar em  possíveis caminhos e soluções para alicerçar, estruturalmente, o crescimento da Serra da Barriga , como patrimônio universal. Além de traçar planos para o lançamento da construção da estrada que leva ao Quilombo ( um sonho de decadas do movimento negro)  e discutir alianças colaborativas, como da prefeitura comunitária do Benedito Bentes. 
Como apoiadores do  "Odo-Concurso  Preto de Poesia para Jovens  da Periferia", Ênio Lins e Vanderlei Lourenço falaram da satisfação em investir  na ação inédita, em Alagoas.
Encerrada a reunião, o gestor nacional da Palmares falou da grande importância em
participar das rodadas de conversações,que se configuram  como espaços privilegiados de discussão e aprendizado sobre o estado,sob a ótica da diversidade.
Ênio Lins,secretário da SECOM, reafirmou:" E Alagoas estará, sempre, de portas abertas para estabelecer esses e muitos diálogos. Seja sempre bem vindo, presidente!
E para encerrar a agenda, na noite da segunda  o  presidente da Palmares fez uma visita de reconhecimento ao terreiro do Babalorixá Manoel Xoroquê.
O sacerdote da religião de matriz africana recebeu Vanderlei Lourenço, Brivaldo Marques, prefeito comunitário do Benedito Bentes e Arísia Barros com um lauto jantar e após apresentou o  barracão, no bairro Benedito Bentes, parte alta de Maceió.