Foto: Reprodução/ Instagram Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ronaldo Lessa

Alguns dias depois da saída do ex-deputado federal Ronaldo Lessa (PDT) do comando da Secretaria de Agricultura, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), anunciou – em coletiva, com toda pompa e circunstância – a assinatura do decreto de incentivo que vai suspender a cobrança do ICMS como forma de fortalecer a cadeira produtiva do leite do Estado de Alagoas.

Eis uma ação que coloca uma política pública, que era de responsabilidade de Lessa, em evidência. Ronaldo Lessa saiu da pasta reclamando da “morosidade” do governo para fazer andar algumas ações ligadas a programas como distribuição de sementes e a bacia leiteira. Além disso, é claro, há a questão dos cargos.

Coincidência ou não, o governo do Estado mostrou uma agenda – de forma a que esta tivesse peso na mídia – após a saída de Lessa. A coletiva ocorreu no dia de ontem.

Dias antes – ao apresentar os números da segurança pública de Alagoas – Renan Filho comentou sobre a saída de Ronaldo Lessa do governo estadual. De acordo com ele, em entrevista ao jornalista Delane Barros (Jornal das Alagoas), o ex-deputado federal foi apressado ao deixar o cargo.

Renan Filho falou sobre as cobranças públicas do ex-deputado nessa entrevista: “nem tudo que é pedido eu tenho como oferecer” e salientou as prioridades do governo, mas firmou um tom respeitoso a Lessa para evitar maiores conflitos.

O fato é que a pasta de Lessa estava sendo muito criticada. A Secretaria de Agricultura foi alvo até de aliados do Executivo na Assembleia Legislativa por conta dos programas sociais que desenvolve. Coube a um opositor – o deputado estadual Davi Maia (Democratas) – defender Ronaldo Lessa, afirmando que o político estava sendo “humilhado” publicamente.

Agora, o PDT está fora do governo. Segundo a Coluna Labafero, aqueles pedetistas que não entregarem os cargos sofrerão as consequências na instância partidária. Lessa deve se aproximar do grupo do prefeito Rui Palmeira (PSDB). Afinal, dificilmente conseguirá manter o “sonho de uma noite de verão” de uma candidatura.

Estou no twitter: @lulavilar