Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A partir desta quarta-feira,10 de agosto, jovens pret@s  oriund@s e morador@s da periferia,em Alagoas, entre 14 e 21 anos podem se inscrever no Odo-Concurso  Preto de Poesia para Jovens  da Periferia.
A proposta do Odo-Concurso  Preto de Poesia é baseada no SLAM e visa, sobretudo dar visibilidade às ocupações poéticas que jovens realizam em seus territórios, como também  registrar esse protagonismo em  uma antologia poética.
 Slam é mais uma forma de  fazer cultura de uma forma mais identitária, ressignificando e valorizando  os espaços da periferia.
E o concurso que é inédito, por suas especificidades  tem como objeto  principal afirmar os espaços periféricos como produtores de uma cultura de resistência e apropriação das identidades. Como também ressignificar territórios e gentes criminalizadas socialmente.
O tema “Eu, jovem pret@, resisto e insisto” faz  referência às vivências cotidianas  relacionados à periferia, juventude e  racismo.
Idealizado pelo Instituto Raízes de Áfricas  conta com a parceria do   Instituto  Ilê Axé Legionirê Nitô Xoroquê e o apoio do Governo do Estado, através da  SECULT,SECOM,SERIS, SETRAND e Fundação Cultural Palmares.
Quer saber mais?Leia o regulamento file:///C:/Users/arisia%20barros/Downloads/REGULAMENTO%20(2)%20(1).pdf
e depois acesse o link abaixo, leia detalhadamente as informações, preencha o que se pede e pronto você já está inscrit@.
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfTt2evMrZk_sbJud_L-a8-IJgOdUYjktyXraAInQVxCvzwQw/viewform
Caso o link não abra, copie e cole.