Foto: Daniel Paulino / CadaMinuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A taxa média de morte por dia em Alagoas alcançou o patamar de 3,34, com uma redução dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) neste primeiro semestres de 2019. Durante uma reunião, a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL) apresentou nesta terça-feira (09), dados do levantamento do Núcleo de Estatísticas e Análise Criminal (Neac) de janeiro a junho deste ano.

De acordo com o Governo do Estado, no primeiro semestre de 2018 foram 830 mortes, enquanto no ano 2019 foram 605, marcando uma redução de 27,1%. O mês de junho alcançou uma marca de apenas 78 mortes, sendo registrado a primeira vez que o número de mortes fica a abaixo de 100 em todo o estado.

 O Núcleo de estatística apontou ainda que em comparação com o mês Junho de 2018 foram registrados 140 homicídios naquele período, e que a redução é de 44.3%. Já em Maceió, em Junho 2018, a SSP registrou 41 mortes.

 Este ano apenas 20 homicídios foram registrados, de acordo com o Neac, o que representa uma redução de 51.2% dos crimes na capital alagoana.

O governador de Alagoas, Renan Filho, também esteve presente na reunião e afirmou que o objetivo é fortalecer ainda mais as políticas públicas para que estes números sejam ainda mais positivos. "Iremos fortalecer as políticas públicas que estão dando certo para que esses dados positivos venham a se manter em nosso estado", disse Renan Filho durante a coletiva.