Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Vereadores da Câmara de Marechal Deodoro acionaram a Secretaria de Meio Ambiente do Município, a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), os Ministérios Públicos Federal e Estadual, e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) em busca de respostas sobre a recorrente mortandade de peixes ocorrida na Lagoa Manguaba há algumas semanas. O fato ganhou as redes sociais em virtude do grande volume de peixes mortos.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador André Luiz (PSD), os órgãos receberam o pedido da Câmara e no dia 7 de agosto eles vão enviar representantes para a audiência pública que será realizada na cidade de Marechal Deodoro. O vereador reforça a necessidade de se encontrar uma resposta concreta, já que a mortandade tem afetado o meio ambiente e os pescadores. 

“Os vereadores demostraram que estão bastante preocupados com essa situação. É algo que assusta pelo fato da recorrência. Só este foram três vezes que isso aconteceu em nossa lagoa. Como representantes do povo, queremos as devidas respostas. E essas informações serão dadas nessa audiência pública. O que cabe ao Poder Legislativo está sendo feito. É preciso que os outros órgãos também cumpram seu papel nessa conjuntura”, expôs André Luiz.