Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Guga Lins, ex-prefeito de Pernambuco.

O ex-prefeito da cidade Sertânia, no estado de  Pernambuco, foi preso durante uma operação conjunta, na manhã desta quinta-feira (04), em um apartamento na orla de Ponta Verde, em Maceió. Guga Lins é acusado de integrar uma organização criminosa investigada por crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, e peculato.

O ex-prefeito foi localizado em um apartamento no bairro de Ponta Verde,  em uma ação conjunta das polícias civis de Alagoas e Pernambuco. No apartamento foram apreendidos documentos, cheques e um veículo da marca Chevrolet Trailblazer.

Durante a operação, foram cumpridos seis mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão expedidos pelo da Primeira Vara da Comarca de Sertânia-PE. Cinco prisões foram feitas em Pernambuco.

O delegado Ubiratan Rocha, titular da 167ª Circunscrição Policial, vinculada a 20ª Desec – Afogados da Ingazeira-PE, que comanda as investigações sobre o caso, desde 2017, confirmou as prisões do ex-prefeito Guga Lins, do ex-secretário de Saúde, Antônio Carlos (residente em Afogados da Ingazeira) e de outro ex-secretário.

O delegado também informou que foram achados na casa de Antônio Carlos, euros (moeda européia), armas e vários indícios de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

“Temos provas contundentes do próprio desvio dos repasses da saúde pública do município de Sertânia para sua conta pessoal. Tudo comprovado documentalmente”, afirmou Ubiratan Rocha.

 

*Com informações da Assessoria.