Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Após a prisão do vereador da cidade do Pilar, Paulo Cavalcante mais conhecido como Paulinho Fofoca, o advogado Diego Carvalho informou através de nota que foi por justiça que o vereador teve sua prisão decretada, após descumprir repetidas vezes determinações judiciais.

Ainda segundo a nota, a vítima foi alvo de tentativas de agressões físicas e morais, chegando  ameaçar a mesma a “dá-lhe uma pisa com chicote de cavalo” e criminosamente difamar sua honra em aplicativos de mensagens e mídias sociais.

O advogado destacou ainda que repudia todas as formas de violência contra as mulheres que tem crescido de maneira lamentável no país.

 

Leia a nota na integra

Utilizamos de canais de comunicação para de público manifestarmos nossa indignação e repúdio a todas as formas de violência contra as mulheres, lamentavelmente uma crescente em nosso país.

A violência às mulheres vem se constituindo em uma das principais formas de violação dos direitos, privando-as do direito à vida, à saúde e ameaçando a sua integridade física, psicológica e moral.

As mulheres que sofrem violência são constantemente vitimadas, sua palavra, moral e conduta quase sempre são colocadas em dúvidas.

Foi por justiça o vereador Paulo Bugarin teve hoje sua prisão decretada , após descumprir repetidas vezes determinações judiciais. Tentativas de  agressões físicas e morais desferidas contra a vítima,  chegando  ameaçar      “ dá-lhe uma pisa com chicote de cavalo”, e criminosamente difamar sua honra em aplicativos de mensagens e mídias sociais.

Importante lembrar que, toda vez que uma mulher denuncia uma violência sofrida, outras se encorajam a fazer o mesmo, por vezes se descobre que o agressor havia feitos outras vítimas.

Muitos se escudam na violência para defesa de tais agressões, a esta, preferimos acreditar na imparcialidade da justiça.

DIEGO CARVALHO TEIXEIRA

OAB/AL

8.375

*Estagiário sob supervisão da editoria