Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os telejornais das emissoras de TV, em Alagoas estão assim,meio semcara própria, edição criteriosa, pauta local,  sem reportagens especiais produzidas  localmente , por profissionais desbravador@s dos  territórios  das notícias, que de tanto entrarem em nossas casas  já são amig@s de longa data.
Os telejornais das emissoras de tv alagoanas estão assim, tudo muito impostado, frio ,sem graça.
A escassez de jornalistas, que continuam  em greve, desafiados pelos patrões que querem reduzir em 40% o piso da categoria, tem feito  os telejornais  ficarem menos  atraentes.
 Jornalismo de menos.
Falando sobre o Bom Dia, da TV Gazeta, o telejornal está sem o gostinho  de café da manhã de tantas e muitas  gentes do   estado todinho. 
Os telejornais  alagoanos tem sentido  os efeitos da ausência nas bancadas de valoros@s profissionais de jornalismo, que estão em greve, reivindicando direitos. 
Redução, não!
Uma pena que no meio da luta tenhamos  profissionais fura-greve, aquel@s subaltern@s ao sistema, que os massifica. 
Quase 90% da  categoria dos jornalistas em Alagoas está em greve.  E sem el@s o telejornal é  feito Denorex: parece, mas não é.
Denorex, lembra?
Os empresários de comunicação precisam entender  que jornalista é a alma desse negócio todo. Comunicação,entende?
Redução, não!