Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O prefeito de Marechal Deodoro, Cláudio Filho Cacau, acompanhado do Secretário de Meio Ambiente, Mateus Gonzalez, e de técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA), vistoriaram as Lagoas Manguaba e Mundaú, na Massagueira, para iniciar um estudo sobre a recente mortandade de peixes. A visita aconteceu na manhã desta segunda-feira (17).

Durante o último final de semana, milhares de peixes apareceram mortos nas margens das lagoas Manguaba e Mundaú, nas regiões da Massagueira e Riacho Velho. Preocupado, o prefeito Cacau acionou o IMA e a Colônia de Pescadores Z-06, buscando uma resposta para o acontecido.

“Reuni o IMA, a Colônia de Pescadores e a Secretaria de Meio Ambiente para que a gente possa fazer uma análise para detectar quais as causas dessa mortandade. Com essas informações vamos dar uma resposta aos pescadores, a comunidade como um todo sobre o acontecido de ontem. Vamos tomar todas as providências necessárias para punir os responsáveis por isso”, afirmou.

No local, o IMA coletou amostras da água em uma sondagem para analisar os microrganismos e a proliferação de bactérias. Até que se identifiquem as causas, o instituto solicita que a população não faça o consumo do pescado, por ser perigoso para a saúde humana.

O prefeito Cacau ainda convocou a Colônia de Pescadores e o Prevenir – Comitê de Prevenção as Enchentes - para fazer um mutirão para ajudar na limpeza da lagoa para evitar o mal cheiro e a poluição visual.