Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true


É comum acessarmos as redes socias e depararmos com os embates pessoais, entre os representantes que elegemos para  traduzir, nos muitos parlamentos, as demandas populares, sempre, urgentes e necessárias. E o que é pior, os  embates das representaçõeses  políticas, nas redes sociais, se transformam em importante cenário noticialesco.
Como ativista e militante da causa de pret@s fico matutando sobre a  espetacularização dessas conversas midiáticas , muitas vezes inócuas e panfletárias,  em detrimento  a um  cenário político  complexo, e extremamente danoso para a juventude negra em Alagoas ( será que nossos representantes atentaram para o mais novo Atlas da Violência?) e fico, ainda,  a pensar em qual momento os políticos que brigam, entre si, nos percebem. Nós, os corpos pretos atravessados pela violência letal e intencional.
Alagoas é o 2º estado da federação que  tem um aumento assustador das mortes violentas de  jovens pretos,  e , apesar disso, há um emudecimento/silenciamento/naturalização, tanto  institucional, dos partidos políticos (TODOS),parlamentos,  como do  próprio movimento negro.
Será o efeito colateral da abolição inconclusa?
Essa Alagoas que silencia em relação aos muitos assasinatos de jovens pretos é a mesma que comemora o 20 de novembro-Dia da Consciência Negra, como se festa fosse.
Onde está o corpo Davi da Silva, à época com 17 anos? 
Davi foi torturado, assassinado e teve seu corpo ocultado pelos 4 policiais militares , que o mataram. O mês de  agosto marca os 5 anos do desaparecimento de Davi da Silva.
E os tantos outros, muitos Davis enterrados em covas rasas?
O genocídio dos jovens pretos é reflexo do racismo estrutural e institucional.
Qual a política pública eficaz , efetiva e afirmativa que o estado de Alagoas tem posto em prática para salvaguardar a vida de pret@s, alvos preferenciais?  
Nossas vidas não importam?
Senhores representantes políticos do estado de Alagoas,  a violência letal intencional tem  feito uma matança generalizada, nas terras pretas de Palmares , tendo como alvo preferencial, a juventude preta.
É por isso tudo,  e em nome de nossas vidas que sugerimos: querem uma causa para brigar? Briguem  pela vida da juventude preta das Alagoas do Quilombo dos Palmares.
Pode ser até, ser  pelo twitter, mas, briguem.
#Nossavidaimporta!