Foto: Thiago Davino /CadaMinuto/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Assembleia Legislativa de Alagoas

O Sindicato dos Trabalhadores do Poder Legislativo de Alagoas (STPLAL) confirmou na manhã desta quinta-feira (13), através da assessoria de comunicação que vai aderir à greve geral marcada para está sexta-feira (14) contra a reforma da Previdência.

Além do STPLAL, os servidores municipais deliberam em assembleia unificada que nenhum órgão municipal irá funcionar. Outras categorias como os servidores do Detran também irão paralisar as atividades.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que garante apenas 30% do funcionamento da frota, porém deve haver restrições.

Outros vão aderir à paralisação e os serviços ficarão suspensos em Maceió. Na capital, os ônibus não vão circular, as agências bancárias não funcionarão e os trens vão ter as viagens reduzidas. Um ato está marcado para sexta-feira, às 15h, na Praça Centenário.

Ônibus

Ao todo, os 650 ônibus urbanos e intermunicipais, que fazem as linhas entre Rio Largo e Maceió, não sairão das garagens, tendo suas atividades pausadas até o fim da paralisação.

Bancos

Após reunião da categoria, os bancários de Alagoas decidiram em assembleia, aderir à Greve Geral. A deliberação foi tomada por unanimidade e acompanha também orientação da Contraf e do Comando Nacional dos Bancários.