Crédito: Google Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Gripe H1N1

Os casos de H1N1 em Alagoas - de janeiro até 12 de junho - mostraram que os números estão crescendo. Segundo a Secretaria do Estado da Saúde (Sesau), foram registrados neste período 78 casos confirmados e oito pessoas morreram. Dentre as mortes confirmadas em decorrência do vírus influenza, a mais recente é a da Hilary Sofia, de 4 anos.

De acordo com informações, Hilary esteve internada durante 10 dias no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Segundo os familiares de Hilary, a garota estava devidamente vacinada, mas não resistiu após complicações da gripe.

Ainda de acordo com a Sesau, até o dia de hoje foram vacinados 97,13% do público-alvo, correspondente a 851.778 pessoas, das 876.935 preconizadas. Segundo a Sesau, a meta mínima de 90% estabelecida na campanha de vacinação foi ultrapassada.

A Secreraria também afirmou que os integrantes do público-alvo que não foram vacinados devem procurar os serviços de saúde dos municípios, e que após a vacina ser aplicada “é necessário um tempo desde o recebimento da vacina para que ocorra a produção de anticorpos no organismo, o que leva de 10 a 15 dias, em média".

*estagiário sob a supervisão da editoria