Foto: Reprodução/Internet Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Segredo é inovar, diz especialista

Dizem que o namoro é uma preparação para o casamento. Seria aquele momento de conhecer a pessoa e decidir se você realmente quer ficar ela (mesmo com aqueles defeitos que detestamos). Porém, alguns casais se dão bem no namoro e, quando casam, tudo cai por terra. Pois é, casar é beeeem diferente de namorar.

Conversei com a educadora sexual e especialista em relacionamento, Laylla Brandão, que explicou a diferença entre os dois. Ela deu dicas de como os casais podem deixar o relacionamento do mesmo jeito que o namoro.

Laylla explicou que, quando se fala em namoro, se fala em paixão. Segundo ela, a paixão é um sentimento que motiva, e os namorados sentem isso sempre, não é? “Quando falamos de relação e inovação estamos falando de não cair na rotina que é algo que muitas pessoas caem e não saem mais”.

Especialista Laylla Brandão

A especialista disse que, no namoro, é comum os casais criarem ansiedade para se ver. Eles se arrumam, dão beijos demorados… a sensação de que tudo é novo é o que mantém a chama acesa. “Essa fase de namoro é de conhecimento e de surpreender o outro para que ele se apaixone ainda mais”.

Laylla explicou que as relações têm um prazo para cair na rotina. Segundo ela, o tempo é de mais de três anos. Com a rotina, o casal não busca inovar tanto no sexo, como no dia a dia. “No namoro, cada um tem sua privacidade e seu momento, mas na hora de se encontrar eles encontram essa inovação. Eles querem se arrumar, comprar flores, ir ao cinema. A relação de namoro é uma relação de descoberta”.

Quando se fala em casamento, a relação se torna mais concreta. “Nenhuma relação deve ser um nó, ela deve ser um laço porque se for um nó, ela acaba sufocando”, explicou Laylla.

A especialista disse que dentro do casamento existe muita responsabilidade - muitas vezes isso chega a ser cansativo. “A relação tem que ter uma base de parceria muito forte de amor e companheirismo. Se isso não acontecer, a paixão acaba com a rotina - que é o acordar, trabalhar, pagar contas, entre outros -”.

Laylla disse que no relacionamento que é necessário que o casal lembre que são eternos namorados. “Sair da rotina quer dizer inovar e inovar quer dizer namorar. Viajar, surpreender, ir ao cinema e que normalmente são deixadas de lado no casamento”. 

Para ela, muitas vezes, a prioridade do casal não está em se satisfazer. “Um casal maduro entende que eles precisam se satisfazer saindo toda quarta, por exemplo, na sexta-feira assistir um filme”. 

O cansaço acaba impedindo que relação a dois aconteça, mas Laylla disse que a palavra cansaço não deve fazer parte do vocabulário do casal e que deve ser transformado. Tomar um vinho e fazer uma massagem podem ajudar na liberação do cansaço.

Enxergar fora da caixinha do dia a dia é a saída. Brandão colocou que é necessário que, não apenas no dia dos namorados, mas que esses casais busquem ser parceiros, respeitem-se e que alimentem o sentimento da paixão. “Casados precisam alimentar a vida de namorados”, finalizou.

Estou no Instagram: @raissa.franca