Foto: CadaMinuto/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Flávio Moreno

O Presidente do Partido Social Liberal (PSL) em Alagoas, Flávio Moreno, afirmou que os vazamentos das conversas são na verdade 'um ataque criminoso à Lava Jato e ao país'.

De acordo com Flávio, o crime foi cometido pelos invasores que criaram provas ilegais e que não podem anular a Lava Jato. “Não existe qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação do magistrado Moro e do procurador, Deltan Dallagnol", afirmou. 

Ainda segundo Moreno, tudo não passou de uma ação de hackers. “São bandidos a mando de outros bandidos que invadiram a vida privada de magistrados e procuradores para constituir provas ilegais, materiais retirados fora de contexto”. 

O Presidente do PSL ressaltou ainda que medidas essenciais para a melhoria do país estão em discursão e que é preciso aprovar a nova previdência, o PLN 4/19 com R$ 248 bilhões para garantir o pagamento de milhões de beneficiários do Bolsa Família, o pagamento de aposentadorias, idosos, o Plano Safra e o pacote anti crime do Moro.

*Assessoria