Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Parlamentares estiveram em Campo Grande, no MS

A deputada estadual Fátima Canuto (PRTB) e a bancada feminina da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) estiveram nesta segunda-feira (10) visitando a Casa da Mulher Brasileira, na cidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. A intenção das parlamentares é trazer para Alagoas esse projeto pioneiro - no MS - que oferece serviços de enfrentamento à violência doméstica.

Ao lado das parlamentares Ângela Garrote, Flávia Cavalcante, do Juiz Paulo Zacarias, da Érika Lima e a arquiteta Juliana Pimentel, do Tribunal de Justiça de Alagoas, a deputada Fátima Canuto reforçou a importância da Casa da Mulher ser instalada no estado.

“Nós vimos de perto que esse projeto traz resultados positivos para as mulheres que são vítimas de agressão. Na Casa - que é referência no Brasil - elas recebem vários atendimentos e orientação em tempo integral”, explicou a deputada.

Fátima também ressaltou que a bancada feminina da ALE está atuante e que as parlamentares se reuniram com o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, no começo de maio e que a partir dessa reunião, as parlamentares foram conhecer o local. 

Canuto disse que na Casa da Mulher, as vítimas encontram Juizado, delegacia especializada, Defensoria Pública, Ministério Público e Patrulha Maria da Penha. “Também vimos que essas vítimas recebem na Casa o serviço de promoção da autonomia econômica, apoio psicossocial, entre outros. Tudo isso dentro de um espaço para oferecer acolhimento, segurança e proteção para essas mulheres”.

A ideia das parlamentares é replicar no estado de Alagoas o projeto que deu certo em Campo Grande. “Ao lado do presidente do TJ, do juiz Paulo Zacarias e da bancada feminina vamos unir forças em prol dessas mulheres. Se deu certo em Campo Grande também vai ser positivo para o nosso estado. ”, finalizou Canuto.