Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Na sexta (07), a ARSAL - Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas, publicou no Diário Oficial o aumento da tarifa mínima em 6,22%, no consumo da água, fornecida pela famigerada CASAL.

O valor da taxa da tarifa mínima para uma residência com quatro pessoas que consome 10 metros cúbicos mês, passa de R$ 46,80 para R$ 49,71.

A justificativa da Casal, para o aumento da tarifa foi o custo operacional, onde destacamos os prestadores de serviço e investimento.

Segundo populares o Governo do Estado, não cuida do povo alagoano e abomina o povo arapiraquense. A Casal com um desserviço pífio em Alagoas, que em Arapiraca o que tem feito é abrir buracos em cada rua, causando transtornos ao cidadão arapiraquense, transformando o município no queijo suiço. E ainda tem a indelicadesa de provocar o aumento na conta da àgua da população.

O Governo do Estado com o jogo de empurra com o povo de Arapiraca está perdendo a credibilidade e deixando em dúvidas sobre o falso carinho que diz ter na terra de Manoel André.

O Palácio de vidro não tem feito outra coisa que não seja disseminar o ódio desgovernado.

Como diz o dito popular, além da queda o coice. O tratamento duro e desleal que o Governo de Alagoas aos alagoanos e em especial aos arapiraquenses é cruel.

O povo que conduziu esse governo por duas oportunidades tem se desepcionado e perdendo as esperanças dia a dia.

Senhores e senhoras, é desumano que a população  pague mais pela a água.

A população alagoana vai bancar com aumento da tarifa a empresa que não  tem planejamento com a inércia de um governo vingativo que respira ódio, inveja e ciúmes.