Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true


Em audiência pública, provocada pelos vereadores Willomaks da Saúde e Fabiano Leão com a participação de um número de público bastante reduzido, com a presença dos vereadores Léo Saturnino e Fábio Henrique, a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSBP), representada pelo seu presidente, Dr. João Domingos, especialista em Direito Previdenciário, realizou um debate na manhã desta sexta-feira (24), tendo como local o plenário da Câmara Municipal de Arapiraca, para discutir sobre a Reforma da Previdência.

Durante quase cinco horas, foram discutidos os prós e os contra da reforma, com a participação do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional de Arapiraca, Hector Martins, a representante do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde, Administração e Serviços, Joseane Lima, do presidente dos Servidores Públicos Região Metropolitana, Anselmo Santos, o diretor do Sindicato dos Servidores do Judiciário, Jadson Marcelo e convidados.

Para o presidente da CSBP, João Domingos, ao participar dos debates sobre a Reforma da Previdência, a Câmara Municipal de Arapiraca, sai na frente nas discussões, demonstrando claramente que o assunto é de interesse de toda a sociedade. 

O dirigente da entidade maior dos servidores públicos do Brasil, falou de sua preocupação com a falta de interesse da própria sociedade, que apesar da divulgação, não compareceu em massa para debater o assunto que é de seu maior interesse.


O presidente da OAB, de Arapiraca, Hector Martins, disse que a entidade está aberta para realizar outras audiências públicas, colocando inclusive à disposição, o auditório da órgão, com capacidade para mais de 200 pessoas.
“Queremos participar ativamente das discussões sobre a Reforma da Previdência e outros temas de interesse da sociedade”, garantiu Hector Martins.


Já o presidente do SPRM, Anselmo dos Santos, disse que pretende mobilizar os cerca de 1.000 Agentes de Saúde e de Endemias em Arapiraca e Região Metropolitana, para debater o assunto, inclusive, como foi sugerido pelo presidente da CSBP, João Domingos, com a participação de especialistas em assuntos previdenciários.

Os vereadores Fábio Henrique, Léo Saturnino e Willomaks da Saúde, garantiram, que vão fazer um abaixo-assinado com o maior número possível de assinaturas, para levarem aos nove deputados federais por Alagoas, para que eles possam levar a a discussão mais adiante e mostrem a força do povo alagoano que é contra a Reforma Previdenciária, como ela foi apresentada pelos integrantes do governo do presidente Bolsonaro.