Foto: Daniel Paulino/Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Promotor de Justiça também falou sobre assinatura do TAC

Durante uma reunião no Ministério Público de Alagoas (MP/AL) nesta sexta-feira (24) para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para o São João, o representante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), capitão Hiraque, afirmou que quatro municípios alagoanos vão receber reforço policial nas festas juninas.

De acordo com o capitão Hiraque, apesar do aumento dos festejos juninos na capital, a Polícia Militar tem distribuído o seu efetivo para garantir a segurança e a atenção policial será redobrada nas regiões metropolitanas como, Marechal Deodoro, Pilar, Satuba e Rio Largo.

"Em comparação com o ano passado tivemos uma inclusão de mais de 40 palhoções espalhados por toda a cidade e precisamos distribuir os militares de maneira correta, pois além dos eventos descentralizados temos também o São João do Jaraguá que deve ser bem mais reforçado.", disse o Capitão Hieraque.

Assinatura do TAC

Segundo o promotor de justiça, a construção do TAC visa garantir a ordem e o disciplinamento durante os festejos de São João. "É preciso que esse TAC seja firmado para que todos possam aproveitar as festas juninas com tranquilidade e segurança.”, disse Max.

Ainda de acordo com o promotor, questões como a segurança e a sonoridade serão pontos que devem receber maior atenção. "Iremos contar com o apoio da Polícia Militar nessa fiscalização durante todos os festejos e esperamos que não tenhamos grandes transtornos.", afirmou.

Max frisou ainda que o objetivo dessa reunião é um diálogo entre aqueles que fazem o São João para que possam ocorrer melhorias em comparação ao Termo de Ajustamento de Conduta do ano passado. "A intenção é para que o São João possa transcorrer com tranquilidade e paz.”, disse o promotor.

*estagiários sob a supervisão da editoria