Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Educadora em sexualidade, Laylla Brandão

Você deve ter ouvido falar que a rotina desgasta o relacionamento. Afinal, com a convivência, não se pode esperar que tudo seja como o primeiro encontro, não é? Mas, para que o relacionamento continue firme é preciso que ambos entendam a importância deles estarem conectados e lutando para manter a magia daquele primeiro encontro. Porém, alguns casais caem na rotina e a primeira parte afetada é a sexual.

Conversei com a educadora em sexualidade, Laylla Brandão, que deu algumas dicas para manter a chama acesa e para que seu relacionamento possa ficar melhor.

Desconexão

Laylla Brandão disse que a sexualidade precisa de uma afinidade tanto de sintonia do casal quanto de dedicação e cuidado.

“Quando estamos 'bitolados' a priorizar nosso trabalho e nossos filhos, esquecemos que existe uma relação que precisa ser alimentada. Quando a verticalidade (o dia a dia) não vai bem, a horizontalidade está bem pior”, alertou Brandão.

A educadora enfatizou que sexo é entrega e cuidado. “Quem disse que sua vida sexual não precisa ser alimentada e que o sexo é apenas corpo e penetração?”, questionou. Para ela, sem esses cuidados e sintonia no dia a dia, a relação sexual se perde.

Como ajudar para que a rotina não atrapalhe a vida sexual?

Segundo ela explicou, é preciso lembrar que uma vida sexual precisa de cuidados diários como: sair da rotina (programas fora do dia a dia do casal), diálogo, conversar sobre pautas longe da rotina de compromissos, como filhos e trabalho.

“Sensorialidade! O casal perde o costume de beijos de língua, de toque como abraço e carinhos contínuos”, comentou a educadora.

Dicas para manter a chama acesa

A educadora deixou algumas dicas para os casais apimentarem a relação:

- Olhar o relacionamento como um campo de cuidado e amor constante

- É preciso se cuidar, cuidar das emoções individuais e da do casal, isso com terapias e atividades de bem estar.

- Outra grande dica é: INOVEM! Por qual motivo ficar com na mesmice se a novidade pode evoluir a relação do casal?

- Última e não menos importante: CONVERSEM SOBRE SEXO! É preciso falar do que se gosta, do que se deseja, do que não se curte... Essa sintonia na sexualidade só depende do bom e velho diálogo e confiança entre o casal.

Por fim, Laylla deu uma dica que pode ser considerada uma das mais importantes: “Cuidem do seu relacionamento como cuidam do seu trabalho”, finalizou Brandão.

Estou no instagram: @raissa.franca