Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

As equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) seguem avançando com o levantamento populacional no Mutange, Alto do Céu e parte do Bebedouro. A ação preventiva foi iniciada na última terça-feira (9) e tem como finalidade coletar dados que sirvam de base para um Plano de Contingência, em uma possível evacuação, em casos de chuvas intensas.

Trabalhos seguem nas comunidades

Nos três primeiros dias de trabalho, o levantamento passou em 1.130 residências, sendo 413 na terça, 417 na quarta e 300 na quinta-feira, dia que os cadastradores começaram a circular por locais de difícil acesso, como as encostas do Mutange. Os números desta sexta-feira (12) ainda estão sendo levantados. Todas estas casas estão marcadas por spray da cor vermelha ou laranja com letras e números.

Levantamento está sendo feito por equipes da Sedet

A marcação corresponde às iniciais do nome da rua ou comunidade com um número sequencial da visita. Na região da Gruta do Padre, por exemplo, as casas foram marcadas com as iniciais GP, seguidas de 01, 02, 03 e, assim, sucessivamente.

De acordo com a gestora da Sedet, Rosa Tenório, esta medida está sendo adotada para uma melhor organização e agilidade no trabalho. “A identificação nas casas é necessária para organizar o trabalho, uma vez que as equipes também estão percorrendo áreas de construções desordenadas, onde não existem ruas de forma linear e organizadas. Quando existem numerações nas casas, nem sempre estão sequenciadas. Desta forma, a nossa marcação é essencial para evitar um retrabalho e otimizar o levantamento”, explicou a secretária.

Ao todo são 30 profissionais identificados com crachás e camisas amarelas da Prefeitura de Maceió. O trabalho é acompanhado por lideranças comunitárias da região. Os dados podem ser coletados da porta da residência, sem a necessidade de entrar no imóvel. Entre as perguntas do levantamento estão a quantidade de pessoas nas casas, se há crianças, idosos, animais e moradores com necessidades especiais. O levantamento está previsto para seguir daté a próxima quarta-feira (17).