Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Em reunião no gabinete da SECULT, o  Instituto  Raízes de Áfricas discutiu com a secretária de estado da Cultura, Mellina Freitas a proposta de realização da IX edição do Festival Alagoano das Palavras Pretas, que acontece dia 24 de maio, a partir das 19 horas no Aracajé, em Jatiuca.
Idealizado  e organizado pelo Instituto Raízes de Áfricas, o  Festival tem   finaldade de fazer uma  re-leitura , como também redemensionar a literatura, na recuperação do espaço histórico, social, e étnico do Brasil preto. 
O Palavras Pretas é um palco estratégico  de resistência cultural pra  amostrgem da arte de jovens literatos pret@s e periféric@s 
Segundo Mellina Freitas: "A proposta do Festival é muito boa e faz com que, nós gestor@s, tenhamos outro olhar  para  amplitude do que vem a ser literaturas e artes."
Presente à reeunião , Perolina Lyra, superintendente de Fomento e Apoio à Produção Cultural  afirmou que o olhar diferenciado do movimento negro sobre a questão da literatura serve como uma forma de aprendizado institucional. 
Durante o Festival, a SECULT fará a distribuição ao público presente dd Festival Em Cantos, promovido pela Cultura.
Arisia Barros, coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas agradeceu  o apoio  da SECULT.