Foto: Secom Maceió Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Bairro do Pinheiro

Os conjuntos habitacionais Divaldo Suruagy e Jardim Acácia, as escolas municipais Padre Brandão Lima, Radialista Edécio Lopes, Luiz Calheiros Júnior, além da  Escola Estadual Nossa Senhora do Bom Conselho, em Bebedouro, vão passar por uma inspeção de engenharia. O objetivo do trabalho técnico, de acordo com a petroquímica Braskem, é avaliar a integridade das estruturas das edificações no bairro de Pinheiro, em Maceió.

A ação da Braskem faz parte do Acordo de Cooperação Técnica firmado com o Município de Maceió, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) e os ministérios públicos Federal (MPF), Estadual (MPE) e do Trabalho (MPF), como parte das ações de mitigação conduzidas pela empresa no bairro do Pinheiro.

As edificações prediais estão no mapa de feições elaborado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) em parceria com a Defesa Civil Municipal. A inspeção irá começar nesta quarta-feira (15), pelo Conjunto Divaldo Suruagy.

Uma empresa de engenharia sugerida pelo Crea-AL e contratada pela Braskem constatará o estado de conservação dos prédios. Os engenheiros serão acompanhados por integrantes da Defesa Civil durante o serviço. O objetivo é constatar se há a existência de recalques (movimentações), fissuras, trincas e danos que comprometam a integridade das estruturas analisadas. Com o resultado da inspeção, será possível avaliar a segurança dos imóveis. A previsão é de que o trabalho seja concluído em 45 dias.

*com Secom Maceió