Cristóvão Santos/CM Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho participa do Dia D do programa Vida Nova nas Grotas

O Governo de Alagoas comemorou nesta terça-feira (14), o Dia D do programa Vida Nova nas Grotas  em um evento realizado na Grota do Poço Azul, no bairro do Jardim Petrópolis, em Maceió. O programa que já beneficiou quase 300 mil pessoas na capital alagoana deverá receber no ano de 2019 cerca de R$ 30 milhões de investimentos em 25 comunidades.

De acordo com o Governador Renan Filho (MDB), o Governo de Alagoas já investiu R$ 107 milhões, destinados à melhoria das condições de vida das comunidades, em 23 grotas e cerca de 300 mil pessoas já foram beneficiadas.

“O nome do programa começou como Pequenas Obras e Grandes Mudanças, depois o programa ficou tão grande que eu resolvi modificar o nome porque, essas obras são simples, mas muito significativas”, afirmou Renan Filho.

Segundo o diretor do escritório regional do ONU-habitat para a América Latina e o Caribe, Elkin Velasquez, é necessário transformar o terreno por meio de ações concretas, dinâmicas e articuladas. “Alagoas tem feito o dever de casa, pedindo à ONU um acompanhamento, cuja resposta resultou em tais melhorias. Com muita satisfação, presencio este momento importante, já adiantando que Alagoas teria que virar um centro de atração com benefícios voltados para a comunidade", afirmou.

Elkin Velasquez destacou ainda que o estado tem buscado trabalhar de forma intensa onde existem diversas comunidades que precisam de acessibilidade e mobilidade urbana. As obras executadas nas grotas de Maceió são executadas pela Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), onde já foram construídos mais de 19 mil metros de escadarias drenantes, mais 20 mil m² de passeios, implantados mais de 30 mil metros de corrimão e cerca de 500 metros de pontilhão. A expectativa é de que os serviços cheguem a todas as grotas de Maceió até 2020.

*estagiários sob a supervisão da editoria