Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rodrigo Cunha

O senador Rodrigo Cunha também criticou o corte na educação anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro. No twitter, Rodrigo disse que é “alarmante ver um corte tão representativo sem que sejam apresentados dados que o justifiquem ou as áreas para onde esses recursos serão revertidos”.

Rodrigo também disse que fragilizar as universidades é atingir, em cheio, a qualidade dos nossos futuros profissionais.

“Em Alagoas, o bloqueio orçamentário à UFAL chega a mais de R$ 39 milhões. Esse valor representa 36,6% do orçamento de custeio e capital da universidade. No mesmo sentido, sofre o IFAL”, afirmou o senador.

Para Rodrigo, não se pode permitir retrocessos na educação.