Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Arthur Lira

O líder do Partido Progressista (PP) na Câmara, Arthur Lira, disse em entrevista à Rádio Eldorado que não há votos para aprovar a previdência.

“Não adianta levar a pauta na marra ao plenário de 513 deputados que ninguém controla. Falar em rapidez quando não se tem voto é arriscado”, disse Arthur. Ainda segundo ele, hoje, não se tem os 308 para aprovar a reforma.

Ainda de acordo com o líder do PP, “quanto mais se discutir e buscar por uma reforma minimamente consensuada, maior a chance de ter os 308 votos necessários”.