Foto: Arquivo / Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Israel Lessa

O ex-superintendente do Ministério do Trabalho em Alagoas (MT/AL), Israel Lessa, divulgou, em sua rede social, um vídeo lamentando a retirada do abono salarial de mais de 20 milhões de trabalhadores brasileiros, com a Reforma da Previdência.

O ex-superintendente também alerta para o fato de que atualmente recebem o abono os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos, beneficiando mais de 24 milhões de trabalhadores. No entanto, com a reforma, o benefício será pago somente a quem recebe até um salário mínimo.

No vídeo, Lessa afirma que milhares de trabalhadores alagoanos serão prejudicados. Ele explica que na exposição de motivos da reforma conta a retirada de “grande parte desse direito” e que mais de 95% dos trabalhadores que recebem o abono salarial, conhecido como PIS/PASEP.

Israel Lessa conclui afirmado que vários setores da atividade econômica serão prejudicados e questiona: “será que é tirando os poucos direitos dos trabalhadores mais simples que iremos resolver os problemas financeiros do nosso país?”.

Na legenda da postagem, Lessa escreveu: É o fim!

Veja o vídeo: