Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Em cumprimento dos mandados de prisão expedidos pela 17ª Vara Criminal, Policiais civis da Seção Especial de combate a roubos a bancos prenderam os acusados Gleyton Kelverson dos Santos Lima e Roniel José da Silva por participação em explosão de agência bancária.

De acordo com o delegado Cayo Rodrigues, Gleyton recebeu a missão de roubar a caminhonete que  foi utilizada no roubo ao Banco do Brasil da cidade de Igreja Nova, sendo pago com uma parcela do montante subtraído da agência.

Roniel, a seu turno, forneceu ferramentas utilizadas na ação criminosa, participação esta que lhe rendeu também um porcentual do numerário roubado.

“As prisões demonstram que a DEIC/SERB está atenta não apenas aos indivíduos que diretamente participam das invasões de cidades e explosões de bancos, mas também àqueles que preparam a logística e fornecem o aparato necessário para os crimes. O objetivo dos trabalhos tem sido desarticular ao máximo os grupos empenhados na prática de roubos a bancos, evitando que participantes remanescente se reorganizem e voltem a preparar novos ataques a bancos”, colocou o delegado.

Os dois confessaram a participação no crime.