Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Policiais civis prenderam no estado de Rio Grande Norte um acusado de participar da explosão de duas agências bancárias no município de Porto Calvo, quando além de explodir os bancos, a quadrilha ainda metralharam o GPM grampos espalhados pela rodovia e pessoas feitas reféns pelos assaltantes.

Segundo a Polícia Civil, Wellington Silva de Miranda Dias, conhecido por Netinho, era investigado por roubos de veículos e bancos e as ações contra ele se intensificaram após as investigações apontaram ter sido ele um dos responsáveis pelo ataque.

Leia mais:  Quadrilha explode duas agências bancárias e joga grampos em rodovia para dificultar perseguição

De acordo com o Delegado Cayo Rodrigues, os grupos empenhados na prática de roubos a bancos, em todas as suas modalidades, têm se apresentado a cada dia mais organizados e com a característica da interestadualidade, sendo que fundamental o intercâmbio de informações e a colaboração entre as polícias civis dos Estados no enfrentamento dessa espécie de crime.

A prisão ocorreu em uma ação conjunta entre as polícias civis de Alagoas (DEIC/SERB), Rio Grande do Norte (DEICOR) e Pernambuco (DRF).