66fd2e41 a8ca 4eb7 bfef 2559f4152b21

A conversa que chega de Brasília é que a Polícia Federal iniciou uma investigação no Ministério da Saúde. Todos os contratos ligados ao Secretário Executivo do órgão no governo Michel Temer, Adeílson Loureiro Cavalcante, estão sendo analisados.

O Ministério era controlado pelo presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI). Adeílson foi indicado pelo ex-senador alagoano Benedito de Lira e pelo seu filho, deputado federal Arthur Lira, ambos também do PP.

O que está sendo apurado é a suspeita de um esquema de corrupção em que o Hospital do Açúcar, em Maceió – “foi o caixa que recebeu milhões do Ministério da Saúde em convênios e repasses federal”.

“Está em curso uma das maiores operações já realizada na Esplanada dos Ministérios, com o alcance no governo passado e no atual, tudo acontecerá num espaço de tempo curto, não permitindo mais apagar as digitais apagadas pelo bando”, revela o site Brasília de Fato (leia aqui).