Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A convite do presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, o senador Rodrigo Cunha fez nesta quarta-feira uma palestra sobre Medidas Legislativas para transparência nas relações público e privado durante o Seminário Ética e Compliance para uma Gestão Eficaz.

Durante sua fala, Rodrigo pontuou que hoje há um movimento forte de cobrança da sociedade por mais transparência e pela prestação de contas por parte de quem exerce cargos públicos. Para ele, é crescente a exigência dos cidadãos quanto à qualidade na prestação dos serviços públicos. Nesse sentido, ele citou leis como a Lei da Transparência e a Lei de Acesso à Informação como avanços importantes para o exercício da plena cidadania.

“A partir do momento que o cidadão sabe que o buraco na rua é culpa do prefeito e do empresário que fez a obra, e que aquele buraco pode tirar a vida de alguém que ele ama, ele vai passar a exigir qualidade no serviço. Ele vai fazer o que puder para mudar a política e ter tolerância zero com a corrupção. Ele vai passar a não admitir mais que se construa uma estrada, que meses depois apareça um buraco, e ninguém fale nada”, discursou Rodrigo.

Ele lembrou que graças à abertura dos dados, os cidadãos hoje podem reivindicar garantias de seus direitos. À plateia citou o exemplo de Alagoas, que deixava de cumprir o direito dos compradores de seus primeiros imóveis pelo Sistema Financeiro de Habitação de ter redução de 50% das taxas cartoriais. Após uma provocação de Rodrigo, ainda como deputado estadual, a Justiça determinou o cumprimento dessa regra, beneficiando os consumidores e impulsionando o setor habitacional.

O seminário também teve a participação da ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon, da Controladoria Geral da União (CGU), cientistas políticos e especialistas da área de combate à corrupção. Rodrigo vem se consolidando como uma referência quando o assunto é transparência e fiscalização.

 “O senador é uma excelente novidade para nós”, discursou o presidente da CBIC.