A Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos, o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) e o Fórum de Conselhos Tutelares promoveram na manhã desta terça-feira (13) uma capacitação com conselheiros tutelares de Maceió para implantação do novo Sistema de Informações para a Infância e Adolescência/Conselhos Tutelares — Sipia/CT.

O encontro aconteceu na sede do Instituto de Tecnologia do Estado (Itec) e reuniu 12 dos 25 conselheiros tutelares de Maceió.

As capacitações irão contribuir com a construção de um banco de dados nacional sobre a violação dos direitos da criança e do adolescente em todo o país, com registros e tratamento de informações que gerem dados e estatísticas confiáveis para subsidiar a adoção das decisões governamentais e dinamizem políticas públicas adequadas ao segmento infanto-juvenil.

Até o final de dezembro todos os conselheiros de Maceió devem estar capacitados. Os do interior do Estado irão receber capacitação a partir de janeiro do próximo ano, formando uma rede.

“Esse trabalho vai dinamizar as ações dos conselhos tutelares, otimizando os registros. Com isso teremos dados mais confiáveis. Estamos nos articulando para que eles tenham uma estrutura mínima para o atendimento. Nossa luta agora será para viabilizarmos os equipamentos, junto ao governo do Estado, prefeitura de Maceió e Ministério Público. Essa é a saída para termos conselhos tutelares estruturados e eficientes”, afirmou o presidente do CEDCA, Cláudio Soriano.

Representantes da Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos, do Fórum Colegiado Nacional de Conselhos Tutelares e um conselheiro tutelar de Maceió estiveram em Brasília, de 14 a 18 de setembro, participando de uma capacitação promovida pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos para validação dos Sipia e apresentação para os estados. Na ocasião, eles assumiram o compromisso de utilizar os serviços do Sipia/Conselho Tutelar e Sipia/Sinase e passar para os demais conselheiros tutelares.

Participaram ainda da capacitação no Itec os representantes do Fórum Estadual de Conselhos Tutelares, José Edmilson e Wéliton Nunes, o advogado da Secretaria da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos, James Von Meynard; a conselheira do CEDCA, Nelma Nunes e a coordenadora do CREAS da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Dulce Perdigão.