© iStock (Foto ilustrativa) Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Carnaval: os cuidados que se deve ter com o celular

O carnaval é uma das datas mais esperada pelos brasileiros. São dias de muita folia, diversão e, claro, que o celular é indispensável para registrar cada momento e compartilhar nas redes sociais, o que o torna o adereço principal para a folia. Com isso, exige uma atenção redobrada com o aparelho para mantê-lo em dia e seguro de furtos e roubos.

“Durante o carnaval é muito comum recebermos aparelhos com a tela quebrada causada por queda após uma tentativa de selfie ou até mesmo por falta de atenção às aglomerações”, diz Rodrigo Bonacorso, gerente de laboratório da Hashtec, rede de microfranquias especializada em reparos rápidos de celulares. Além de telas trincadas, o gerente comenta que muitos celulares chegam danificados por água e areia.

Confira abaixo as dicas do especialista para cuidar bem do seu smartphone durante o carnaval, seja em meio à multidão na folia dos bloquinhos ou nas praias, clubes e piscinas.

Cada folia é um flash e uma selfie 

Cuidado ao tirar selfie com os amigos para não derrubar o aparelho no chão e trincar a tela, as capas protetoras são essenciais em caso de quedas. Evite também deixar o aparelho na mesa próximo a líquidos, sempre tem o amigo distraído que esbarra no copo e derrama toda bebida. Caso isso aconteça, seque o excesso do líquido com um pano limpo imediatamente e o mantenha desligado por algumas horas até que seque totalmente.

"É verdade que o arroz absorve o líquido, mas cuidado! Já recebemos aparelhos com arroz dentro do conector de carga", diz o especialista. Se for secar o aparelho com o secador, não utilize o ar quente para não superaquecer a bateria. Se continuar danificado, leve a uma assistência técnica de confiança para realizar o reparo.

Segurança

Essa época do ano aumenta o volume de perdas, furtos e roubos. Para não terminar o carnaval no prejuízo, fique atento às aglomerações, evite andar nas ruas com o celular no bolso de trás da roupa e deixar em cima da mesa durante uma festa que há pessoas que você não conheça bem.

Sol e carro fechado

Deixar o celular exposto ao sol pode esquentá-lo e danificar a bateria. Guardá-lo no carro fechado durante o calor do dia também não é a melhor opção, pois cria-se o efeito estufa. Carregue o aparelho sempre com você dentro de uma bolsa ou capa protetora e que fique de preferência na sombra. Se esquecer ao sol ou dentro do carro, feche todos os aplicativos, desligue o celular de imediato e tire a bateria se possível.

Praia, maresia e areia 

A praia possui muitos fatores que podem prejudicar um celular. Lembre-se novamente de não deixá-lo exposto às altas temperaturas e opte por uma capa protetora impermeável ou própria para mergulho para tirar fotos à vontade próximo ao mar. Jamais deixe o aparelho em cima da canga ou fora de uma bolsa se não estiver utilizando, a areia arranha a tela do celular e danifica o touchscreen que é sensível, além de danificar o conector de carga e fone de ouvido.