Foto: Assessoria 5b16f7c1 10cf 4b75 bd1e fea0fc5e8e9f

A Prefeitura de União dos Palmares, através da Secretaria de Indústria e Comércio, segue prestando serviço para os empreendedores do município. A responsável pela pasta, Neide Mitonori, falou sobre os avanços e serviços ofertados pela secretaria, além de projetos que já estão em desenvolvimento para esse ano.

Neide apontou alguns projetos futuros que já estão em desenvolvimento, como o “MOEDA SOCIAL”, em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que funcionará com um banco comunitário e receberá suporte de consultoria da universidade e fará com que o dinheiro local circule com mais força em nosso município. O “Educação Fiscal” em parceria com a Secretaria de Educação, que visa à construção de uma consciência voltada ao exercício da cidadania. E o programa “Jovem Empreendedor Primeiros Passos (JEPPS)” que proporcionará a prática do empreendedorismo na sala de aula, através do estudo e debates do tema, e prepara o adolescente para o mercado de trabalho desde cedo.

Em 2018 foram realizados mais de 8 mil atendimentos na Sala do Empreendedor e 41 cursos, através da parceria com o Sebrae, onde foram capacitados 500 empreendedores, além da realização de 250 palestras de orientações sobre as vantagens do empreendedor. Para o empreendedor que deseja estar formalizado, basta comparecer à Sala do Empreendedor, na Prefeitura, e realizar o cadastrado para ficar regularizado perante a receita e o município, ganhando inúmeros direitos burocráticos totalmente gratuitos.

A sala do empreendedor recebe por dia de 20 a 30 empresários, atendendo desde os MEI (Micro Empreendedor Individual), aos ME (Micro Empresa) e EPP (Empresa de Pequeno Porte), prestando atendimento mensal de boletos, notas ficais, atendimento de junta comercial, cursos, palestras, emissões de certificados e muito mais.

“Trabalhos com palestras de vantagens de formalização, para aqueles que estão no mercado informal e ainda não tem um CNPJ e nunca tiveram acesso nenhum a algo legalizado. Eles vêm aqui e a gente orienta, passa toda orientação de como se informalizar e quais as vantagens de ser um empreendedor individual e ter o seu CNPJ e INSS assegurando.” Informou Neide Mitonori, destacando ainda que todos esses serviços ofertados pela prefeitura são totalmente gratuitos.

 A Secretaria de Indústria e Comércio trabalha com o Portal FACILITA e a Jucel Express, que diminuem o tempo e a burocracia para os empresários, que antes levavam quase 6 meses para conseguirem abrir sua empresa, e hoje levam menos de 48 horas para estarem aptos para isso.