Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Vereador Paulo Bugarim

Um processo em tramitação na Comarca de Pilar aponta que o vereador pela cidade, Paulo Bugarim (PSC) e é suspeitos de diversas irregularidades na aquisição de materiais de construção, sem justificativa e sem certame licitatório. Ao contrário do que o Cada Minuto informou anteriormente, o processo não se trata de um ofício.

Segundo o documento, as notas expedidas no ano de 2016 apresentam valores de R$ 104.400.00 (cento e quatro mil e quatrocentos reais) e de R$ 62.620.00 (sessenta e dois mil seiscentos e vinte reais). As compras dos materiais foram realizadas no mesmo dia.

O documento diz que a contratação destes valores ocorreram durante o período eleitoral e que existem fortes indícios de que esses dois pagamentos tenha sido utilizados para campanha. 

O processo ressalta ainda que na época do fato Paulo Bugarim já havia sido exonerado do cargo de chefe de gabinete, mesmo assim despachou a solicitação que foi autorizada pelo ex-prefeito.

Em contato com o vereador, o Cada Minuto foi informado que desconhece a denúncia contra ele, mas que atribui à denúncia contra o ex-gestor. Além disso, Paulo informou que esse caso se trata de perseguição política.

Leia Mais: Vereador do Pilar é acusado de agredir servidora dentro do HGE