Maria Maia / CM 4b5ea78c 291c 47ba b200 a73e5860100f Viatura da Radiopatrulha

Após denúncias anônimas, dois homens morreram após trocar tiros com a polícia em ações distintas no bairro Cidade Universitária, parte alta da cidade e no bairro do Trapiche da Barra, durante as primeiras horas deste domingo, dia 17. Os homicídios foram registrados em decorrência de intervenção policial, segundo o relatório da SSP-AL.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações da Secretaria de Segurança Pública (Ciosp), os militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) receberam a denúncia de que um suspeito estaria traficando drogas no conjunto residencial Graciliano Ramos, ao chegar ao local os agentes foram recebidos a tiros .

Gladevan Melo de Sousa Júnior, mais conhecido como “Mãozinha”, de 25 anos, entrou em uma residência e efetuou diversos disparos de arma de fogo ao notar a presença dos policiais.

O acusado foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), localizado no bairro do Trapiche da Barra, para a realização dos devidos procedimentos médicos, no entanto, não resistiu aos ferimentos.

Durante a ação os militares apreenderam diversos celulares, relógios, aparelhos eletrônicos e um revolver Taurus calibre 38. O material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).  

Já no bairro do Trapiche da Barra, os agentes da Radio Patrulha receberam a denúncia de que um homem estaria portando uma arma de fogo.  Ao chegar ao local, os militares foram surpreendidos com disparos efetuados por Gilberto Bertoldo Tigre Júnior, de 28 anos.

Durante a troca de tiros, Gilberto foi atingido e também morreu no HGE.  Com o acusado, foi apreendido um revólver Taurus calibre 35.